INTERNAMENTOS

CBESA - Centro de Bem Estar Social de Alcanena

Internamentos

O Hospital de Alcanena é uma garantia, para o internamento de utentes com doenças prolongadas, assim como, para a recuperação após intervenções cirúrgicas (operações).

 

Descrição

Os internamentos de longa duração, de carácter temporário ou permanente, em espaço físico próprio, e com uma equipa profissional constituída por um médico a tempo parcial, enfermeiros 24h por dia assim como ajudantes de enfermaria, prestam cuidados de saúde a pessoas com doenças ou processos crónicos sem resolução a nível definitivo, com diferentes níveis de dependência e que não reúnam condições para serem cuidadas no domicílio. Este internamento é uma resposta ativa aos problemas decorrentes da doença prolongada, muitas vezes incurável e progressiva, na tentativa de prevenir o sofrimento que ela gera e de proporcionar a máxima qualidade de vida possível não só aos utentes como à sua família.

 

Finalidade

A unidade de internamentos tem como finalidade a recuperação a curto prazo dos utentes e proporcionar cuidados que previnam e retardem o agravamento da situação de dependência dos mesmos, favorecendo o conforto e a qualidade de vida não só ao utente mas também à sua família.

 

 

Objetivos

  • Cuidados Preventivos, previnem um grande sofrimento motivado por sintomas (dor, fadiga, dispneia), pelas múltiplas perdas (físicas e psicológicas) associadas à doença crónica e terminal, e reduzem risco de lutos patológicos;
  • Pretende também ajudar os doentes terminais a viver tão ativamente quanto possível até à sua morte (e este período pode ser de semanas, meses ou algumas vezes por anos), sendo profundamente rigorosos, científicos e ao mesmo tempo criativos nas suas intervenções;
  • O cuidados de longa duração centram-se na importância da dignidade da pessoa ainda que doente, vulnerável e limitada, aceitando a morte como uma etapa natural da vida que, até por isso, deve ser vivida intensamente até ao fim.

Serviços

  • Atividades de manutenção e estimulação, terapia ocupacional;
  • Cuidados de enfermagem diários e cuidados médicos;
  • Prescrição e administração de fármacos;
  • Apoio psicossocial;
  • Higiene, conforto e alimentação.

Serviço especializado ao utente

  • Diagnóstico das necessidades Clínicas e Sociais;
  • Plano individual de intervenção, expressando os cuidados a prestar de acordo com os objetivos a atingir;
  • Registo sistemático de qualquer ocorrência em ficha individualizada do utente;
  • Avaliação semanal e eventual aferição do plano individual de intervenção.

Estrutura Orgânica

A unidade de internamentos é composta por áreas funcionais que constituem a estrutura orgânica do edifício. Enumeração das áreas funcionais:

  • Receção;
  • Área de internamento com zona de convívio;
  • Sala de Enfermagem;
  • Sala da Diretora Técnica;
  • Áreas de apoio geral: cozinha, lavandaria/rouparia, esterilização, armazém, resíduos.

Recursos Humanos

  • Diretor Clínico;
  • Diretora Técnica;
  • Enfermeiros;
  • Ajudantes de Enfermaria;
  • Administrativos.

Critérios de admissão

  • Necessidade de apoio, e de cuidados na doença prolongada decorrentes do envelhecimento;
  • Necessidade de cuidados de manutenção de aptidões;
  • Impossibilidade de inserção na comunidade.

Acordos com vários sistemas de saúde

  • ADSE;
  • ADM;
  • ADMG;
  • SAP/PSP.